Dicas de Planejamento Organizando o Casamento

Como escolher o espumante para o casamento

Espumante é a bebida queridinha no casamento

espumante casamento

É muito difícil hoje ter uma celebração sem um brinde com um bom vinho espumante, sinônimo de conquistas, felicidades e vitórias. Seja no alto do pódio, na virada do ano, ou nas taças dos noivos, são contados os minutos para o tão esperado “tim-tim”

E foi por isso que o espumante se tornou o queridinho dos casamentos. É quase impossível imaginar uma festa de casamento sem o espumante. E ele deixou de ser apenas para o brinde dos noivos e caiu no gosto dos convidados. Todos ali adoram pegar uma taça para saborear um bom espumante.

Por ser tão importante, quando estamos organizando o casamento, mil dúvidas vem a nossa cabeça na hora de escolher o melhor espumante para o casamento e por isso eu separei 4 questões para explicar um pouco para vocês:

1) Coloco Champanhe, Espumante, Frisante, Cava ou Prosecco? Ou é tudo a mesma coisa?
2) O ideal é que ele seja Brut, Demi Sec ou Moscatel? Alías, o que é isso mesmo?
3)Qual a quantidade ideal de espumante para o casamento?
4) Qual o melhor espumante para cada estilo de festa?
espumante casamento

1) Tipos de espumantes

Espumante: é um vinho que passa por duas fermentações: na primeira, comum a todos vinhos, o açúcar do mosto das uvas é transformado em álcool; na segunda, fermentos colocados no líquido produzem o gás, as bolinhas. Essa segunda fermentação pode acontecer na própria garrafa, o chamado método champenoise, usado no melhor e mais conhecido espumante do mundo, o Champagne (método champenoise) ou em grandes cubas fechadas como se fossem autoclaves, o sistema charmat, mais rápido. Ou seja, falou em vinho gaesificado, na dúvida chame de Espumante.

Champanhe: é um tipo de espumante, porém somente pode-se chamar de champanhe a bebida produzida na região de Champagne, na França. A bebida passa por regras rígidas de produção, e são usadas apenas três tipos de uva: pinot noir, pinot meunier e/ou chardonnay. A fermentação é feita dentro da própria garrafa, isso é um dos motivos também de ser mais caro. Resumindo: São espumantes produzidos na região de Champagne.

Prosecco: Bem famoso por aqui, também é um tipo de espumante, porém este é produzido na Itália , com um único tipo de uva, de mesmo nome, originária do Vêneto (pode ser produzido fora da Itália, se as uvas forem italianas). A pesca: um espumante produzido com uvas Prosecco da Itália.

Cavas: São espumantes produzidos na Espanha pelo método Tradicional, ou Champenoise, na região da Catalunha principalmente em Penedés. Nesta região se usam, quase que exclusivamente ,as uvas autóctones Maccabeo, Parellada e Xarel-lo. São uma ótima opção aos espumantes Franceses. Pra gravar: um espumante produzido na Espanha com uvas Maccabeo, Parellada e Xarel-lo.

Frisante: é um vinho mais leve, com menor quantidade de gás e com menos espumas do que o espumante, pois não passa por uma segunda fermentação.

2) A quantidade de açúcar do espumante

Brut é mais seco e o mais consumindo no mundo inteiro. Eles harmonizam fácil com salgados, em geral. É o mais indicado para casamentos. Inclusive, se você estiver na dúvida, opte por ele.

Demi Sec é meio adocicado e harmoniza muito aperitivos, canapés, queijos suaves, caldos e frutos do mar.

Moscatel é o mais doce e faz a graça da mulherada. Eu, particularmente, além de achar enjoado, não recomendo, pois aumenta o consumo e o resultado pode ser desastroso com as mulheres exagerando na bebida. Ele é servido quando você vai fazer uma festa estilo Bolo e Espumante, sobremesas, sorvetes e pudins.

3) A quantidade de espumante no casamento

Quanto à quantidade de espumantes para comprar, eu já vi contas de fornecedores partindo de 1 garrafa para duas pessoas a 1 garrafa para quatro convidados. O ideal é que nem sobre muito, mas que também não falte. Mas no fundo, é melhor sobrar do que faltar, não é?

A minha opinião é 1 garrafa para cada 2 pessoas no casamento. Caso você contrate um bar de drinks, caipiroscas ou gin, pode colocar 1 garrafa para 3 pessoas, pois o consumo será partilhado com essas outras bebidas. Porém, não esqueça de verificar com o bar se ele vai precisar de espumantes para fazer drinks e qual a quantidade dessas garrafas. Separe por fora essa quantidade e não coloque no cálculo geral do casamento.

A gente pode até pensar às vezes que os amigos amam cerveja, ou só tomam Whisky. Mas quando eles virem o espumante passando, vão acabar bebendo também. Como eu disse no início do post: ele se tornou o queridinho dos casamentos.

4) Qual o melhor espumante para o seu casamento?

Essa pergunta não tem uma resposta exata. Mas para ajudar os casais a escolher, separei minhas indicações de espumante de acordo com o estilo de festa de casamento escolhida pelos noivos. Então anota essas dicas para escolher o melhor tipo para o seu evento:

Recepção Bolo X Espumante:
bolo e espumante

Nesse tipo de recepção, a estrela do evento é o bolo, que deve ser lindo e bem saboroso. Para esse tipo de evento, calcula-se uma fatia bem generosa e duas taças por convidados.  O espumante deve ser servido gelado junto a fatia do bolo. Para essa harmonização, busque optar por um rótulo doce tipo Moscatel (Moscato – doce).

Na Talento Vinhos & Espumantes, indicamos o Gran Legado Moscatel (super premiado e de alta qualidade), o Moscatel Rosé da Linha Séries Salton (um rótulo com excelente custoxbenefício), dentre outros.

Casamento com Brinde tipo Brunch:
parede de espumante

Esse tipo de evento acontece pelo final da manhã, com uma recepção um pouco mais farta que o brinde “bolo e champanhe” e adentra o almoço. 

Nesse tipo de recepção, uma ótima opção de escolha para servir aos convidados são os frisantes, por serem mais leves, ou espumante tipo Prosecco (elaborado pela uva Glera, bastante floral e frutado), que entra como aperitivo.

Na Talento Vinhos & Espumantes, uma dica é o espumante Salton Prosecco ou o Frisante Frizz (que pode ser branco ou rosé) que é elaborado também com a uva Glera.

Celebrações ao Pôr do Sol:

Geralmente são recepções marcadas para o “cair da tarde” em espaços abertos (ao ar livre) para apreciar o pôr do sol. E para harmonizar perfeitamente com o clima (ainda quente) e o ambiente, a melhor opção são os espumantes rosés, que se destacam por seus sabores leves e refrescantes e cores vibrantes.

Na Talento Vinhos & Espumantes, o Gran Legado Brut Rosé é o mais requisitado nessa categoria. E para quem prefere um rosé mais docinho, tem o Classic Demi-séc Rosé, além do Salton Séries Moscatel Rosé.

Recepção Coquetel:
espumante coquetel

Observamos nesse tipo de recepção, lounges descontraídos, serviços volantes e petiscos leves para ser consumidos com as mãos à boca (sem necessidade de pratos maiores e muitos talheres) , com a maior parte dos convidados em pé, e com duração máxima de até 4 horas. Como são oferecidos muitos canapés e mesa de pães e pastas, uma boa harmonização são os rótulos Demi-Séc (leves, frutados e de acidez e dulçor equilibrados).

Na Talento Vinhos & Espumantes, o Salton Demi-séc é o mais requisitado para esse tipo de evento.

Casamentos tradicionais e festas grandes:
festa de casamento perfeita
champagne no casamento

E se o seu brinde “não tem hora para acabar”, no melhor estilo Festão, sem sobras de dúvidas, quanto ao tipo de espumante, são os rótulos Brut. Evento com mais de 5 horas de serviço, música ao vivo ou DJ, diversidade de outras bebidas alcoólicas, buffet variado… o espumante tipo Brut é a opção coringa para a diversidade de opções servidas e suas harmonizações.

São infinitos rótulos brut (que embora tenha a demonição de “bruto” / seco, possui de 8,1 a 15 g de açúcar por litro) e elaborados por diversas uvas. Por isso, uma enorme variedade de sensações e sabor em de um rótulo para o outro. Os bruts fermentados pelo método charmat são mais leves e frutados (a depender da composição de suas uvas), enquanto os champenoises mais robustos e marcantes.

Na Talento Vinhos & Espumantes, os rótulos brut charmat campeões de vendas são: o Gran Legado Brut, Salton Prosecco brut e o Salton Reserva Ouro brut. Já pelo método tradicional destaca-se o Gran Legado Champenoise (Top Ten do Brasil), Forestier Blanc de Blancs e o Salton Evidence.

A dica de ouro: para o brinde do anfitrião da festa, o espumante tem que ser aquele que ele tenha o hábito e prazer em beber. Para os demais convidados, na dúvida, sempre opte por um tipo Brut.

Além disso: sirva bem gelado a noite inteira! 

Festejem, brindem, mas não se esqueçam de permanecerem hidratados durante o casamento: bebam muita água ao longo da festa!

Please follow and like us:

Deixe uma resposta

error

Gostou do conteúdo? Compartilhe com alguém!